O mercado está sempre atrás em relação às fraudes no digital

A área publicitária se mostra despreparada para enfrentar o desafio

Registrado que no ano em que se espera que o digital atinja, globalmente, a liderança do ranking de investimentos nos meios de comunicação, o mercado publicitário se mostra despreparado para enfrentar o desafio das inúmeras fraudes praticadas nessa mídia.

A análise se fundamenta no fato de que dos esperados R$ 250 bilhões a serem aplicados no digital este ano, pelo menos 20% serão jogados fora. A base da previsão deriva de um novo relatório da Cheq, empresa israelense de segurança cibernética, que afirma inclusive que 77% dessas fraudes são mais sofisticadas do que o setor publicitário está preparado para lidar.

Como uma boa parte do nosso mercado acredita na ilusão de que está conseguindo reduzir o volume de fraudes, fica evidenciado que estamos sempre um passo atrás em relação às fraudes no digital, pois agora qualquer um de nós pode ter seu celular ou computador funcionando como sofisticados cavalos de tróia na consecução desses crimes cibernéticos, que devem roubar cerca de US$ 50 bilhões de verbas em 2019.

Gostou? Compartilhe com seus amigos:
 
Voltar ao Topo!