Veja 10 dicas de etiqueta profissional para não errar mais!

Pesquisas revelam que a maioria das empresas demitem profissionais com excelente formação acadêmica por má conduta.

A habilidade comportamental de um profissional pode determinar não só a sua permanência na empresa, mas até garantir uma promoção. Seguir algumas regras de etiqueta profissional auxilia no convívio com os colegas, superiores, subordinados e clientes. Confira algumas regrinhas de etiqueta que te ajudarão no dia a dia durante a jornada de trabalho:

#1. Seja pontual em seus compromissos e respeite os horários.

Organize-se para chegar sempre cedo no trabalho e em reuniões. Se precisar sair antes do fim de uma reunião, procure avisar com antecedência a quem está presidindo o encontro e saia discretamente. Esteja atento aos prazos de entrega de trabalhos e relatórios, e cumpra-os à risca. Se não for possível atender o prazo combinado, avise as pessoas envolvidas com o máximo de antecedência, explique as razões do atraso e, se possível, combine novo horário ou data.

#2. Mantenha uma boa imagem pessoal.

A primeira leitura que alguém fará de você será baseada em sua aparência: suas roupas, cabelo e higiene pessoal. Cuidar desses aspectos demonstra respeito e comprometimento com a empresa. Vista-se de forma discreta, evite modismos, decotes reveladores e excesso de acessórios, use blusas com mangas ao invés de regatas, cuidado com o comprimento de saias e prefira calças à bermudas. Cada ambiente de trabalho exigirá um tipo de vestimenta, fique atento ao grau de formalidade de sua empresa. Procure sempre manter  seus cabelos limpos, penteados e bem cortados, a barba bem feita ou cortada, unhas limpas e sem esmalte descascando, dentes escovados e bom hálito.

#3. Use a linguagem corporal a seu favor.

Com postura e movimentos corretos você pode influenciar positivamente as pessoas ao seu redor, por isso mantenha a postura ereta: ombros para trás e cabeça erguida demonstram confiança. Ao conversar com as pessoas, mantenha sempre contato visual. Evite cruzar os braços ou apoiá-los na cintura, pois isso pode transmitir passividade e desinteresse na conversa. 

#4. Controle o tom e o volume de sua voz.

Procure manter o volume e o tom de voz neutros, controlando suas emoções para não demonstrar sentimentos negativos como agressividade, deboche e irritabilidade, entre outros. Se estiver descontente com algo, evite falar naquele momento. Respire fundo, tente se acalmar e colocar os pensamentos em ordem. É mais difícil controlar o tom de voz quando dizemos a primeira coisa que nos vem a cabeça, portanto reflita sempre antes de falar.

#5. Bom humor sem exageros, evite piadas e brincadeiras.

Expresse seu bom humor sendo simpático, sorrindo e fazendo comentários leves e agradáveis. Lembre-se da diversidade existente em um ambiente de trabalho, com pessoas de diferentes culturas e crenças convivendo juntas. Portanto, evite as brincadeiras e piadas, pois elas podem facilmente deixar alguém desconfortável, ou até mesmo ofender. Cuide também de como trata as pessoas. Não é recomendável criar apelidos, sobretudo em ambientes mais formais. Para evitar deslizes, procure chamar as pessoas pelo nome com que elas se apresentam.

#6. Ao entrar, peça licença e cumprimente a todos.

Sempre peça licença ao entrar em um ambiente, mesmo que a porta esteja aberta. Cumprimente todas as pessoas que estão ali. Bastam um sorriso e um "bom dia" ou "boa tarde", não é preciso chegar dando beijinhos nos integrantes da reunião. Ao entrar na sala ou escritório de alguém, espere receber um convite para antes de se sentar.

#7. Não deixe nenhum e-mail sem resposta.

Procure acessar com frequência o e-mail corporativo e enviar respostas rápidas de forma clara e objetiva. Quem envia um e-mail espera por uma resposta, portanto se você não consiguir responder a uma solicitação no mesmo dia, mande uma mensagem curta dizendo que recebeu o e-mail e irá responder o mais rápido possível. Não utilize o e-mail da empresa para assuntos pessoais ou para enviar mensagens com assuntos não profissionais. Para isso, use sua conta de e-mail pessoal e preferivelmente fora do horário de expediente.

#8. Respeite o horário de intervalo.

O intervalo de trabalho é o momento em que você pode resolver questões pessoais, dar telefonemas e conversar sobre amenidades com seus colegas. Evite falar sobre questões de trabalho, ou tentar resolver pendências durante um almoço informal com os colegas. Se almoçou rapidamente e voltou à sua mesa antes da hora, evite interromper os que estão em horário de expediente. Não coma lanches em sua mesa de trabalho, além de ser deselegante, você corre o risco de derramar alguma coisa no computador ou em algum documento importante.

#9. Evite fofocas.

Embora as pessoas geralmente passarem mais tempo no trabalho do que em casa, isso não as dá o direito de serem invasivas. Evite fazer perguntas pessoais aos seus colegas, ouça mais do que fale e espere a outra pessoa ter a iniciativa de contar algo pessoal. Evite expor sua vida privada e não participe de fofocas. Existe uma linha tênue entre comentários e fofocas. Na dúvida, evite expor sua opinião sobre alguém. O ideal é que esta pessoa esteja presente ao se falar dela ou de seu trabalho. 

#10. Não fale mal da empresa em que trabalha.

Além de antiético, falar mal da empresa onde se trabalha pode denegrir sua imagem profissional. Preste atenção ao tipo de comentário que você fará sobre a empresa, outros colegas e seu chefe para as pessoas de fora do trabalho e, principalmente para seus clientes e colegas. Isto também vale para a empresa em que você não trabalha mais.


Créditos: Com informações tiradas do Guia da Carreira.

Gostou? Compartilhe com seus amigos:
 
Voltar ao Topo!