Você já foi a Búzios?

Saiba mais sobre o maravilhoso refúgio de paisagens naturais.

A cidade recebe correntes marítimas do Equador de um lado e do Pólo Sul do outro, o que faz com que tenha praias de águas mornas e geladas. O contraste talvez seja o maior encanto: águas frias e quentes, simplicidade e sofisticação, cidade pequena e ao mesmo tempo cosmopolita, casas de pescadores e mansões. A vinda da atriz Brigitte Bardot, em 1964, atraiu a atenção de visitantes de todas as partes do mundo e transformou o turismo na grande locomotiva da economia. Hoje a antiga aldeia de pescadores é conhecida como a "Saint Tropez brasileira". Com 30 mil moradores, Búzios é uma cidade admirável: além das belas paisagens naturais, abriga moradores de mais de cinquenta nacionalidades. Houve mudanças desde a descoberta, mas o encanto da península não sofreu estragos: a beleza das praias, o charme da antiga aldeia de pescadores, o impecável campo de golfe, as butiques famosas, alguns dos melhores restaurantes do Brasil, o festival anual de cinema, a concorrida Rua das Pedras (ponto de encontro noturno), os bares, as boates... Sem falar na natureza agreste e no mar de ventos olímpicos, que transformam Búzios numa das melhores raias para a prática da vela. A mistura de raças e culturas transformou a península numa sociedade única.

O namoro entre Brigitte Bardot e Bob Zagury (marroquino naturalizado brasileiro) teve como cenário a aldeia de pescadores, paraíso exuberante.

A península resguarda muitos tesouros a serem descobertos, como a história de seu nome: impressionados com a quantidade de conchas em formato espiralado espalhadas nas areias e no fundo do mar, os portugueses batizaram a região de Ponta dos Búzios, como revela o mapa desenhado por Luiz Teixeira em 1575. Os Tupinambás comiam os moluscos e com as cascas confeccionavam colares e brincos. Os maiores eram colocados na ponta de bambus e se transformavam em trombetas de guerra. Quando o rei de Portugal mandou construir em 1730 uma instalação litorânea para a pesca de baleias, o balneário passou a se chamar Armação de Baleia dos Búzios, suprimindo o termo "Ponta". Com o declínio da atividade, a península passou em 1806 a se chamar Armação dos Búzios, e assim o nome foi se diluindo com o tempo até chegar a como é conhecida atualmente, apenas como Búzios.


Créditos: Com informações tiradas de Búzios Guia Oficial

Gostou? Compartilhe com seus amigos:
 
Voltar ao Topo!