Se empreender é o seu novo objetivo, oportunidades baratas e lucrativas para conseguir aquela renda extra.

Negócios com pouco investimento e retorno rápido podem ser difíceis de achar, mas eles existem e dão um bom lucro!

Aproximadamente 25% da população adulta está envolvida na abertura de um novo negócio ou já possui um negócio de 3 a 5 anos de atividade.

Mas a gente sabe que o processo de empreender em um negócio não é fácil. 

Na maioria das vezes, o investimento é alto e não há retorno suficiente.

Além disso, a taxa de falência de pequenos empreendimentos é bem alta, com a maioria fechando no primeiro ano.. 

Porém, para você que tem esse desejo de empreender, não desista e saiba que ainda há uma luz no fim do túnel.

Graças a ampla variedade de mercados, é possível sim investir em negócios que demandam poucos recursos e trazem retornos financeiros de forma rápida. 

Os negócios que não precisam de grandes investimentos são favoráveis por três principais fatores: começam como uma renda extra, têm potencial para se tornar a sua única fonte de renda e também podem ser uma alternativa para quem está passando por um momento financeiramente difícil. 

Ficou curioso e quer saber em quais áreas é possível abrir um empreendimento sem gastar muito?

Decorador de festas e eventos 

Essencial para qualquer tipo de festa e evento – seja infantil, à fantasia, noivado e até corporativo – a decoração vem se superando quando o quesito é beleza e criatividade. 

Pelo desejo de oferecer um ambiente sofisticado aos convidados, muitos consumidores passaram a contratar serviços especializados no ramo de decoração. 

Qualidade, capacitação, planejamento e profissionalismo são características que não podem faltar em quem opta por trabalhar nesse ramo. 

Uma dica muito importante é se manter atualizado sobre a área de decoração de festas e eventos: quais são as tendências do momento, as principais preferências dos clientes, o que oferecer de diferente para se destacar no mercado.

Dependendo do porte do evento, este pode ser planejado com meses de antecedência.

Então, aproveite o tempo até a data de realização para deixar tudo pronto e não esqueça de manter um contato frequente com o cliente. 

Para se estabelecer no mercado, busque divulgar os seus trabalhos nas principais plataformas digitais e peça que os clientes dêem feedbacks e depoimentos contando como foi a experiência de contratar seu serviço. 

Personal trainer

Tanto em casa quanto em academias, não para de crescer o número de pessoas que realizam atividades físicas com a ajuda de um personal trainer. 

Profissionais de educação física e até mesmo pessoas que trabalham de forma autônoma – e devem possuir registro no conselho de educação física – já notaram que esse mercado tende a dar muitos resultados positivos.

De forma presencial ou online, muitos têm buscado nos personal trainers uma maneira de vencer o sedentarismo e buscar uma qualidade de vida mais saudável. 

Para atuar como personal trainer, é necessário que o profissional tenha competências para oferecer atividades personalizadas, além da capacidade de motivar e compreender os limites físicos e psicológicos de seus alunos. 

Na hora do investimento, o personal trainer deve, no mínimo, contar com cursos e uniformes próprios. 

Na maioria das vezes, a aquisição dos equipamentos fica por conta dos clientes, no entanto, profissionais que dispõem desses recursos costumam cobrar mais caro pelo serviço. 

Fotógrafo

O segmento de fotografia já foi considerado saturado pela quantidade de profissionais atuantes.

Mas, uma coisa é certa: quando você conquista uma boa parcela de clientes e quanto mais amplia seu networking, mais as coisas tendem a darem certo. 

Para começar, o ideal é que você compre um bom equipamento fotográfico e estude os princípios básicos da fotografia como sensibilidade, velocidade e luz. 

Será totalmente normal encontrar fotógrafos com máquinas mais sofisticadas que a sua, mas vale lembrar que uma câmera e uma lente sejam suficientes produzir ótimas fotos. 

O ideal é que ao fotografar eventos ou ambientes externos você esteja equipado de uma câmera, lentes adaptadas para o momento e sua especialidade, cartão de memória, bateria, bolsa e tripé. 

Criar um nome para sua marca, exibir seu trabalho, se especializar em um tipo de fotografia – infantil, casamentos, fotojornalismo, boudoir – e apostar nas redes sociais, são passos imprescindíveis para se destacar no mercado.

Cuidador de idosos

Em ampla expansão, o emprego de cuidador de idosos tem se popularizado porque além da população dessa faixa etária estar em crescimento, muitas famílias preferem que seus parentes fiquem em suas residências aos cuidados de um profissional do que em casas de repouso. 

Assim, essa é uma tendência do mercado e pode ser a sua oportunidade de começar uma nova carreira.

Para ser um bom cuidador, é essencial que você tenha paciência, proatividade e estimule o idoso a ter relações sociais, tanto com outras pessoas da sua idade quanto com os próprios familiares.

Estimule o idoso a ser independente e realizar atividades por conta própria. 

Este é um tipo de negócio que não há quase nenhum investimento inicial.

O importante é ser capacitado e buscar qualificações em cursos da área de saúde, como técnico em enfermagem, por exemplo, para se destacar no mercado e ter uma preparação correta. 

Conciliar habilidades técnicas com empatia e paciência é a chave para conseguir retornos positivos como cuidador de idosos. 

Designer de flores

O designer de flores trabalha com arranjos modernos e personalizados.

É preciso que o profissional tenha amplo conhecimento de flores, para não só comprar o melhor produto, como também conservá-lo no arranjo. 

O mercado para designers de flores é bem amplo.

Este profissional pode atuar na sua própria casa, desde que tenha uma grande variedade de flores; pode trabalhar em floriculturas, montando arranjos para presentes; está presente também na decoração de festas e eventos; pode ser responsável pela renovação de arranjos em empresas; podem produzir buquês de noivas e até mesmo arranjos para funerais. 

Aqui, o essencial é que o designer mantenha um contato constante com os clientes, pois é a partir da identificação e da personalidade do comprador que ele poderá montar arranjos que tragam resultados satisfatórios. 

Aulas particulares

Gosta de Português e domina regras gramaticais? É professor de matemática? Ou quem sabe conhece tudo de Geografia? Dar aulas particulares, presencialmente ou à distância, pode ser uma ótima alternativa pra você que quer investir pouco e ter retorno rápido. 

A vantagem de dar aulas particulares é que é você quem escolhe onde ela ocorrerá.

O aluno vai até a sua casa, você vai até a casa do aluno ou você pode, ainda, dar as aulas de forma online. 

É preciso ter em mente que se o aluno optou por ter aulas particulares sobre um certo assunto, é porque ele espera ter um tratamento especial, mais único e personalizado, além de sair das aulas sem dúvidas. 

Se atente às necessidades dos alunos e se eles forem crianças ou adolescentes, mantenha contato com seus responsáveis. 

Divulgue seu conhecimento nas plataformas digitais e se cadastre em sites como o Superprof, ambiente que reúne professores de todas as áreas. 

Confeitaria 

Sempre que você se reúne com os amigos ou é o responsável por fazer os doces das festas as pessoas costumam elogiar suas receitas? Trabalhar com confeitaria é outro empreendimento que não precisa de muito investimento e quase sempre dá retorno rápido. 

Com a onda dos aplicativos de entregas de comida ficou ainda mais fácil alcançar o público, criar uma base de clientes e divulgar sua marca.

Mais do que ter uma boa mão na cozinha, é preciso estudar e adquirir experiência. 

Busque se reinventar.

Cardápios com bastante variedade tendem a chamar mais atenção dos consumidores, que muitas vezes acabam comprando mais de um produto.

Procure ser perfeccionista e sempre melhorar a qualidade do seu trabalho.

Quando falamos em comida, principalmente doces, é um verdadeiro 8 ou 80: as pessoas vão amar ou odiar. 

Fique atento às exigências dos pedidos e procure personalizar cada um, mostrando ao cliente que ele é único e que aquele doce foi feito especialmente para ele. 

Revenda de cosméticos

Revender cosméticos é lucrativo e não precisa de muito investimento.

Com um público amplo, para revender cosméticos é preciso conhecer a fundo todos os produtos.

Saiba apresentar os pontos fortes e quais as suas vantagens perante a concorrência. 

O ideal é criar uma loja virtual e divulgar constantemente nas redes sociais.

Procure se associar a mais de uma empresa de cosméticos, pois isso irá contribuir na hora do consumidor escolher comprar com você. 

Você também pode optar por vender diretamente na casa dos clientes.

Mesmo que seja menos prático do que vender pela internet, presencialmente o consumidor poderá ver em ainda mais detalhes tudo o que o produto oferece. 

Salões de beleza, escritórios e outros locais que tenham o seu público-alvo podem ser potenciais para ótimas vendas.

Mary Kay, Avon, Jequiti e Racco são apenas algumas das principais marcas de cosméticos que contam com diversos parceiros e revendedores. 


Créditos: Com informações do Jornal Contábil

Gostou? Compartilhe com seus amigos:
 
Voltar ao Topo!