14 de Fevereiro. Valentine's Day.

O famoso “dia dos namorados” nos EUA também pode ser comemorado por aqui.

Nos Estados Unidos, o "Dia de São Valentim" é o dia em que se celebra a união dos casais. Apesar de não ser muito popular por aqui, não deixe de aproveitar essa data para fazer algo especial com o seu nomarado ou namorada. Seja com jantares românticos regados à luz de velas, simples idas ao cinema ou até mesmo (quem sabe?) uma viagem inesperada de fim de semana. A internet é um oceano cheio de sites com dicas de DYI (faça você mesmo), por isso não hesite em economizar uma graninha e fazer um presente com as próprias mãos — e o coração. Você também pode optar por presentes sentimentais ao invés de materias, como uma enorme declaração de amor na frente de todos que conhece.

Um pouco mais sobre São Valentim

Valentim era um bispo católico que viveu em torno do século III em Roma, época em que o rei Claudio II proibiu casamentos. Valentim realizava as cerimônias em segredo, mas foi capturado após um tempo. Ele se apaixonou pela filha de seu carcereiro e logo antes de ser executado, em 270, deixou a ela uma carta que dizia “do seu Valentim”, expressão usada até hoje em inglês: Be my valentine? (Quer ser meu Valentim?). Dois séculos depois, no ano de 496, o papa Gelásio I escolheu Valentim como símbolo dos enamorados, porém a Igreja Católica parou de comemorar oficialmente seu feriado em 1969 por haver muita incerteza acerca de sua existência. Isso não impediu o feriado de fazer sucesso entre casais do mundo todo.

No Brasil o feriado chegou apenas em 1949, trazido por um comerciante, e foi modificado devido às diferenças culturais — São Valentim não era nem um pouco famoso por aqui. Por isso perdeu-se a referência a Valentim e a data foi trocada para 12 de junho, com fim de preencher o vazio no comércio durante o meio do ano, período próximo à festa de São João, o santo casamenteiro.


Créditos: Com informações tiradas de UOL História Viva

Gostou? Compartilhe com seus amigos:
 
Voltar ao Topo!